Home / Busca
Termo pesquisado
Equipamentos e tendências de embalagem
A intensificação da capacidade proporciona aumento da flexibilidade
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
Recomendações para estudos de holding time
Fabricantes devem coletar dados suficientes para demonstrar que o produto permanece estável antes de ser processado na próxima etapa
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
Logística reversa para descarte de medicamentos
Vários setores da sociedade vêm discutindo, há dois anos, uma maneira viável de descartar adequadamente os remédios vencidos ou sem uso. Por enquanto, o assunto ainda não avançou
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
Você conhece o tratamento de efluentes da sua empresa?
A maioria das indústrias brasileiras trata seus efluentes com o sistema de lodo ativado. Porém, a eficiência desse sistema tem sido questionada
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
Medição de umidade em salas limpas
A instalação cuidadosa dos sensores de umidade resultarão em medições precisas e em um desempenho confiável a longo prazo
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
A difícil missão de unir conhecimento e prática
Apesar da crescente demanda por mestres e doutores, ainda existem dificuldades de absorção desses profissionais nas empresas
Edição: NOVEMBRO 2013 - Nº01 - Página: - Ler Mais
Tendências em validação de processos: O que esperar?
O FDA, ao lançar um novo Guia, em 2011, acreditou que estava incentivando a indústria a considerar a validação como um esforço científico. Isso é uma grande mudança de perspectiva em relação às responsabilidades sobre as especificações de qualidade dos pr
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
Mapeamento GMP de almoxarifados
Orientações para validar a instalação de depósitos em ambientes biocientíficos
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
O efeito dos fármacos na saúde humana e no ambiente aquático
Só o tratamento eficaz dos efluentes pode evitar riscos para a saúde das populações
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
A evolução dos conceitos de single-use integrados em processos farmacêuticos
A adoção de descartáveis em bioprocessamento vem aumentando, especialmente na indústria de produção de drogas injetáveis
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
Pesquisa clínica no Brasil
A demora na aprovação dos estudos impede o acesso do país a tratamentos e medicamentos de ponta que poderiam beneficiar pacientes e pesquisadores
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
A expansão do mercado de medicamentos biotecnológicos
Investimentos do Governo têm incentivado empresas nacionais e estrangeiras a apostarem nesse nicho
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
Monitoramento ambiental microbiológico
Orientações para validar a instalação de depósitos em ambientes biocientíficos
Edição: FEVEREIRO 2014 - Nº02 - Página: - Ler Mais
Diretriz de acordo de qualidade da FDA e regulamentações de CGMP da EMA
Como entender e aplicar cada uma para não ocorrer riscos na produção terceirizada de medicamentos
Edição: MAIO 2014 - Nº03 - Página: - Ler Mais
Gerenciamento de desvios integrado ao gerenciamento de riscos para a qualidade
Tema é complexo e tem sido amplamente discutido por várias agências reguladoras em todo o mundo
Edição: MAIO 2014 - Nº03 - Página: - Ler Mais
Otimização do processo de produção de vacinas pelo aumento das células dependentes de ligações usando microbiorreatores e microtransportadores
Sistema utilizado pode dar uma contribuição significativa nos casos em que vacinas mais acessíveis ou uma resposta rápida a situações inesperadas são críticos
Edição: MAIO 2014 - Nº03 - Página: - Ler Mais
Preparando-se para os desafios farmacêuticos futuros
A perspectiva é de crescimento é de crescimento robusto para os próximos anos com a produção de medicamentos seguros e de alta qualidade
Edição: MAIO 2014 - Nº03 - Página: - Ler Mais
Excipientes farmacêuticos: Tendências da regulamantação em GMP
O controle do processo de fabricação e distribuição de excipientes está sendo considerado um item prioritário pelas agências regulatórias
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Utilização de mistura a seco para homogeneidade de dose baixa
Ao comparar métodos de fabricação para forma de liberação imediata de dose baixa, descobrimos que a mistura a seco precisou de menor quantidade de equipamentos e foi mais “QbD” do que a granulação por via úmida ou diluição geométrica
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Tecnologia da embalagem na luta contra o diabetes
Uso de canetas de insulina e outros métodos de liberação exigem novas tecnologias e muita atenção ao envase
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Crescimento celular eficiente
Utilização de biorreator single-use para o desenvolvimento de processos
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Cidadania estratégica
Criando valor para sua empresa através da ação social
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Liderança em momentos estratégicos
Para Juan Gaona, da Abbott, o bom líder é aquele que faz a ação valer mais do que a palavra
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Transferência de Tecnologia
Como as parcerias entre empresas públicas, privadas e universidades podem mudar o cenário da inovação
Edição: NOVEMBRO 2014 - N°05 - Página: - Ler Mais
Implementação de diretrizes de validação de processos de acordo com a FDA e EU
O monitoramento deve ser contínuo para garantir que o processo esteja funcionando da maneira esperada
Edição: NOVEMBRO 2014 - N°05 - Página: - Ler Mais
Entrevista
Tecnologia de fermentação ao longo da cadeia de processos
Edição: AGOSTO 2014 - N°04 - Página: - Ler Mais
Carreira
Coaching: Ferramenta contribui para o desenvolvimento profissional e pessoal Esteja preparado para assumir novas posições em sua carreira
Edição: NOVEMBRO 2014 - N°05 - Página: - Ler Mais
Qualidade por concepção: Perspectiva para a indústria farmacêutica
A mudança da realidade e da percepção devem ser praticadas em conjunto para criar QbD
Edição: FEVEREIRO 2015 - N°06 - Página: - Ler Mais
Farmacogenômica: O caminho para a medicina personalizada
Progresso desse ramo da medicina virá quando os benefícios clínicos produzidos por essa abordagem forem incorporados à pratica clínica
Edição: FEVEREIRO 2015 - N°06 - Página: - Ler Mais
Um tema para reflexão
O desenvolvimento sustentável está emergindo como a nova demanda pela qualidade nas empresas
Edição: FEVEREIRO 2015 - N°06 - Página: - Ler Mais
-
Desafios e oportunidades no setor de cosméticos
Edição: FEVEREIRO 2015 - N°06 - Página: - Ler Mais
Desenvolvimento de Competências
Como agregar esse diferencial competitivo à sua carreira?
Edição: FEVEREIRO 2015 - N°06 - Página: - Ler Mais
Poliformisfmo
É possível identificar e monitorar a formação de diferentes formas polimórficas para garantir a segurança do fármaco
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Plano de Risco
Importância no desenho conceitual de plantas farmacêuticas
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Manuseio de APIs de Alta Potência
Demanda em alta exigirá investimento em novas tecnologias
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Medicina Genômica
Tecnologia que traz mudanças: saem as doenças, entra a saúde
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Água Purificada Para Fins Farmacêuticos:
A purificação da água é fundamental para a fabricação de matérias primas, produtos farmacêuticos, cosméticos, de diagnóstico e produtos correlatos para uso humano ou veterinário
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Peptídeos Como Fármacos
A cada dia mais medicamentos baseados em peptídeos vêm sendo aprovados
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Energia Solar
Fonte de energia limpa e econômica promete ser um trunfo para o futuro
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Tecnologia Avançada no Envase de Medicamentos
Equipamentos modernos e profissionais capacitados contribuem para garantir a segurança do projeto
Edição: MAIO 2015 - N°07 - Página: - Ler Mais
Workaholics improdutivos
Eles já foram muito valorizados e, por algumas empresas, ainda são. Enganam a si mesmos acreditando que estão conquistando seu lugar no Olimpo ao mandar todos os dias um email já perto da meia-noite, quando ainda estão no escritório.
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Lean seis sigma, alto retorno sobre o investimento
No século XX I, o mercado procura encontrar a fórmula ideal que una qualidade, produção e redução de custo. Assim aperfeiçoam-se as metodologias de melhorias de processos e procuram ferramentas cada vez mais exatas com indicadores de que os programas...
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Aptâmeros são considerados produtos biológicos
Considerados produtos biológicos pela FDA os Aptâmeros abrem precedentes os biológicos sintéticos
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Empresas, cidadania e seus indicadores sustentáveis
Instituto Ethos e Global Reporting Initiative a favor do desenvolvimento econômico e justiça social
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Água purificada para fins farmacêuticos: do memorial descritivo à análise de risco - parte 2
A purificação da água é fundamental para a fabricação de matérias primas, produtos farmacêuticos, cosméticos, de diagnóstico e produtos correlatos para uso humano ou veterinário
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Melhora de biodisponibilidade de ativos de baixa solubilidade através de dispersão sólida
Avaliações corretas das características da IFA e do polímero contribuem para obtenção de uma dispersão sólida estável e melhor biodisponibilidade
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
Revisão periódica de qualificação de equipamentos
Um efetivo e robusto sistema de qualidade deve ter prazos relacionados ao programa de gerenciamento de mudanças e aos monitoramentos que as empresas implantam
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
RDC 58/2013. As indústrias estão preparadas?
Movimento entre as indústrias e entidades do setor mostra que o mercado não está preparado para atender a resolução da ANVISA que estabelece parâmetros para a notificação, identificação e qualificação de produtos de degradação em medicamentos
Edição: AGOSTO 2015 - N°08 - Página: - Ler Mais
NORMAS PUBLICADAS PELA ANVISA REVOGAM A RDC 39/08
Após discussão no Senado, a ANVISA publicou as normas RDC 09/2015 sobre medicamentos, e 10/2015 sobre produtos para saúde e dispositivos médicos, com a promessa de um modelo de regulação harmonizado com as principais agências internacionais no que se refe
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
CONVENCENDO FORÇAS INTERNAS
Novas biomoléculas sensíveis e técnicas alternativas de manufatura de produtos farmacêuticos, como a liofilização, colocam exigências incrivelmente altas em recipientes de vidro. Revestimentos especiais em combinação com um fundo geométrico melhorado entr
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
INOVAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS
Análise multivariada aplicada ao desenvolvimento de formulações com objetivo de desenvolver um medicamento genérico utilizado como antialérgico
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
A SUSTENTABILIDADE E A TENDÊNCIA DE CONSUMO
A busca frenética pelo desenvolvimento, o consumo em excesso e a ideia do bem estar utópico, podem levar ao esgotamento dos recursos não renováveis do planeta
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
FILTRAÇÃO COM TERRA DE DIATOMÁCEA
Conceito inovador na clarificação de cultura celular de alta densidade
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
MODELO DE GESTÃO PARA EXCELÊNCIA. FOCO EM LEAN ÁGIL
Saber lidar com as variações de capacidade e demanda é um dos caminhos entre ter ou não retorno sobre investimento e caixa. Concomitantemente, saber utilizar o Lean Ágil na busca por essa excelência é a principal estratégia de negócio
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
O MES/MOM COMO FERRAMENTA DE CONSOLIDAÇÃO DOS CONCEITOS LEAN
Como consolidar e institucionalizar os conceitos LEAN, fazendo com que eles continuem vivos dentro da empresa, depois que a consultoria se foi
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
PREPARAÇÃO DE AMOSTRAS
Recentes avanços em Cromatografia Líquida (HPLC), Ultra Perfomance Liquid Chromatography™ (UHPLC) e Rapid Resolution Liquid Chromatography (RRLC™)
Edição: NOVEMBRO 2015 - N°09 - Página: - Ler Mais
AUDITOR INTERNO
Bons salários e perspectivas de ascensão profissional estão entre as vantagens da carreira
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
DESENVOLVIMENTO DE ENSAIOS EM BIOANÁLISES PARA FINS ESPECÍFICOS
O sucesso dos estudos bioanalíticos depende da seleção do método analítico mais adequado, mas a cronologia de desenvolvimento do método e os tipos de análises envolvidos variam consideravelmente
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
TESTES DE IMPUREZAS ELEMENTARES
Avanços nos testes de impurezas elementares auxiliam na conformidade com as novas exigências da USP
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
VALIDAÇÃO DE SISTEMAS COMPUTADORIZADOS
Disciplina se tornou mais conhecida no país a partir de 2010, quando o desafio era dominar o conteúdo e validar os sistemas computadorizados novos e legados. Agora, a maioria das empresas convive com a rotina das validações, mas como manter o estado de validado nos ambientes industrial e corporativo tão dinâmicos?
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
TERCEIRIZAÇÃO NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA
Com a venda crescente de medicamentos e a chegada de empresas multinacionais, há no Brasil uma capacidade instalada disponível para terceirização e novas estratégias para a produção de medicamentos
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
EQUIPAMENTOS DE EMBALAGEM
Para atender às necessidades variadas do mercado, fornecedores e embaladores contratados estão visando oferecer soluções flexíveis
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
A IMPORTÂNCIA DOS INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE
O sucesso das ações sustentáveis depende dos resultados alcançados
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
COMO A FORMULAÇÃO PODE AFETAR O FERRAMENTAL
Alguns grânulos são extremamente duros e abrasivos e podem arranhar, desgastar e impregnar a superfície do aço
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
PRINCIPAIS ALTERAÇÕES REGULATÓRIAS NA CHINA
Quais impactos os desenvolvedores de medicamentos ocidentais devem esperar
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
A NOVA DINÂMICA DA CADEIA LOGÍSTICA FARMACÊUTICA
Com a estrutura da distribuição de produtos de saúde em fluxo, o desafio dos executivos de distribuição farmacêutica está focado em como alavancar a infraestrutura para reduzir custos, mantendo a flexibilidade necessária para mitigar riscos na cadeia logística
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
VALIDAÇÃO ERP SAP HANA
Processo de implementação do ERP (Enterprise Resource Planning) SAP HANA já começou no mercado farmacêutico brasileiro
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
LIBERAÇÃO MODIFICADA DE FÁRMACOS SÓLIDOS ORAIS
Neste tipo de forma farmacêutica o planejamento está baseado nas características peculiares de cada fármaco
Edição: MAIO 2016 - Nº10 - Página: - Ler Mais
COMO CONQUISTAR SUCESSO EM CADA ETAPA DA CARREIRA
Desenvolvimento de habilidades e competências são fundamentais para o crescimento profissional
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
EXPORTAÇÃO DE MEDICAMENTOS
Desafios regulatórios ainda dificultam a entrada das indústrias brasileiras nos Estados Unidos e na Comunidade Europeia
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
BIOFÁRMACOS: A NOVA GERAÇÃO DE INSUMOS PARA A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA
A biotecnologia representa hoje a principal fonte de P&D na indústria farmacêutica - aproximadamente 20% do cenário mundial -, mas esta é só a ponta de um mercado que cresce de forma célere e robusta, cinco vezes mais rápido que o setor
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
CASSETES TANGENCIAIS PARA FILTRAÇÃO EM LABORATÓRIO
O entupimento da membrana durante o processo de filtração pode ser um problema ao filtrar grandes volumes de líquidos em aplicações de laboratório
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
FORNECEDORES ENGAJADOS GARANTEM O SUCESSO DO NEGÓCIO
Os maiores desafios e oportunidades para as grandes indústrias estão fora de suas fábricas
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
IMPORTÂNCIA DA ESTABILIDADE FÍSICO-QUÍMICA E DA TEMPERATURA CINÉTICA MÉDIA DURANTE CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO (MEAN KINETIC TEMPERATURE)
A taxa de degradação de um produto cresce exponencialmente com o aumento da temperatura, sendo a MKT mais precisa que a temperatura média aritmética
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
MERCADOS EMERGENTES
Práticas recomendadas para a codificação de embalagens farmacêuticas inovadoras
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
INDICADORES DA ÁREA DE QUALIDADE NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA
Em uma empresa onde existam no mínimo três níveis de liderança (executivos, alta gerência e coordenação/supervisão), três níveis de indicadores devem ser utilizados
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
Normalmente, quando se pensa em projetos, as pessoas visualizam o cronograma como um sinônimo de sucesso. O orçamento, embora um pouco menos utilizado que o cronograma, também é peça fundamental para o resultado final
Edição: AGOSTO 2016 - Nº11 - Página: - Ler Mais
DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS DE LIMPEZA COMO BASE ESTRATÉGICA PARA A VALIDAÇÃO
Além de auxiliar na definição das técnicas de limpeza, o DPL possibilita que a estratégia do estudo de validação seja cientificamente desenvolvida
Edição: NOVEMBRO 2016 EDIÇÃO SUPLEMENTO ANALÍTICO - Página: - Ler Mais
FCE PHARMA TRAZ NOVIDADES PARA 2017
Criação de ações que inspirem visitantes e expositores é o grande trunfo para atrair um maior número de pessoas
Edição: NOVEMBRO 2016 EDIÇÃO SUPLEMENTO ANALÍTICO - Página: - Ler Mais
COMO OTIMIZAR O USO DOS TUBOS DE SILICONE EM SISTEMAS DESCARTÁVEIS
Flexibilidade, resiliência, resistência à torção e à pressão são alguns dos benefícios dos tubos de elastômero de silicone para o processamento farmacêutico
Edição: NOVEMBRO 2016 EDIÇÃO SUPLEMENTO ANALÍTICO - Página: - Ler Mais
VALIDAÇÃO DE PROCESSOS
Ferramenta existe como um indicador que auxilia na melhoria dos procedimentos
Edição: NOVEMBRO 2016 EDIÇÃO SUPLEMENTO ANALÍTICO - Página: - Ler Mais
GESTÃO DA EFICIÊNCIA DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO – CASO HPLC
Saber qual é o seu recurso limitante e trabalhar para eliminar a restrição é a chave para o sucesso operacional
Edição: NOVEMBRO 2016 EDIÇÃO SUPLEMENTO ANALÍTICO - Página: - Ler Mais













Contract Pharma Brasil.