Home / Notícias
Start-up farmacêutica brasileira traz para o Brasil produto inovador para HPV

Segundo dados preliminares de um estudo realizado pelo Ministério da Saúde do Brasil sobre o HPV, apontam uma prevalência de 54,6% de casos de HPV entre a população brasileira de 16 a 25 anos, sendo que 38,4% são de tipos de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

A Infecção pelo papilomavírus humano ou na sigla HPV está associada a vários tipos de câncer, como de pênis, de vulva, de canal anal e de orofaringe e principalmente ao de colo de útero.

O Brasil já conta com o programa de vacinação contra o HPV em mulheres de acordo com a faixa etária e em 2017 o Ministério da Saúde anunciou a ampliação do público-alvo para a vacinação contra a doença: meninos de 11 e 15 anos também podem receber uma dose.

A medida foi possível devido à economia de R$ 66,5 milhões obtida pelo Ministério da Saúde, segundo explicou o ex-ministro da saúde Ricardo Barros:

"O Ministério da Saúde investe anualmente R$ 3,9 bilhões na compra de 300 milhões de doses de vacinas para proteger contra 20 tipos de diferentes de doenças. Estamos conseguindo negociar com os fornecedores, inclusive os laboratórios públicos, vacinas por um menor preço".

As medidas de vacinação visam prevenir o contato de meninas e meninos com o vírus, visto que o tratamento pode ser complicado, pois há poucas opções de produtos no mercado, sem base tecnológica e com diversos efeitos secundários, como queimação e ardência na aplicação, destacando-se somente o laser que tem grande efetividade na eliminação de verrugas, porém somente pode ser aplicado em algumas regiões.

Criada em 2016 por executivos da indústria farmacêutica a Única Pharma firmou contrato de exclusividade em 2016 para importação e distribuição no Brasil e Argentina dos produtos da farmacêutica Catalysis S.L, empresa familiar espanhola com sede em Madrid, fundada em 1989 e presente em mais de 40 países.

Entre os produtos do portfólio está o Glizigen, produto que tem como princípio ativo o Ácido Glicirrinico, este princípio ativo passa por um processo exclusivo na fábrica na Espanha que potencializa sua atividade biológica, tornado-o o princípio ativo mais potente sem alterar sua estrutura molecular, este método é conhecido como MAT(Molecular Activation Technology) e é um segredo indústrial da empresa espanhola Catalysis.

O Glizigen foi lançado no Brasil como um produto para higiene da região íntima da mulher e do homem, porém diversos estudos clínicos publicados relatam sua eficácia para o tratamento do HPV e Herpes(genital,zoster,labial), mostrando eficácia superior a 90% sem nenhum reporte de efeito adverso como ardência ou queimação, Segundo o ginecologista Diogo Mastrorocco o Ácido Glicirrinico Ativado tem demonstrado uma ação antiviral impedindo a replicação do vírus do HPV e consequentemente eliminando as lesões e verrugas, a molécula já é utilizada a mais de 2000 anos e tem diversos estudos clínicos desde a década de 70, novos estudos clínicos serão conduzidos na Santa Casa de São Paulo ainda em 2018.

A operação da Única Pharma é comandada por Nestor Sequeiros, ex-presidente da multinacional Mead Johnson e da americana Mundi Pharma e por seu sócio José Henrique Carnevali Única, fundador da empresa. Os sócios planejam melhorar a qualidade de vida do brasileiros através de produtos inovadores para saúde, sem pensar em briga por mercado com outras farmacêuticas, para isso apostam em inovação diariamente, desde o canal de distribuição com farmácias e televendas e novos produtos, Segundo José Henrique a Unica Pharma está se consolidando como uma empresa especializada em lançar produtos inovadores de indústrias farmacêuticas de pequeno e meio porte que desejam comercializar seus produtos no Brasil e Argentina, e mais inovações virão, como uma nova aposta no tratamento de retinopatia diabética, mercado estimado em 13 bilhões de reais somente no setor público brasileiro com previsão de lançamento para 2019 e fórmulas infantis inovadoras e patenteadas com previsão de lançamento também em 2019.

Fonte: Terra












Contract Pharma Brasil.